Open do Tejo

otkfotg

OPEN do TEJO

A Sociedade de Debate da Universidade de Lisboa orgulha-se em apresentar a primeira edição do Open do Tejo! Um evento que visa celebrar a vivacidade e importância do debate competitivo em Portugal e na sociedade atual. É com vista para o Tejo que se realiza mais um torneio que reúne pessoas de todo o país.

Prepara-te, a competição começa já nos dias 20, 21 e 22 de outubro de 2017, em Lisboa!

O torneio realiza-se no modelo de debate British Parliamentary (Não sabes o que é? – clica aqui) com 5 rondas e apuramento para as semifinais.

De forma a premiar e incentivar os debaters mais jovens, existirá uma Final de Iniciados. Por isso, se debates há menos de um ano: esta é a tua oportunidade!

 

O que é que ganhas?

Bom, acima de tudo: experiência. Este torneio é a oportunidade perfeita para perderes o medo de falar em público ou de determinados assuntos. Ganhas autonomia, capacidade de improviso e melhoras a tua oratória. Tens a oportunidade de conhecer pessoas de todo o país, com formas de pensar e estilos de vida diferentes do teu. Recebes ainda um certificado de participação e, claro, prémios!

Mas um Open não é só Debate…

Um Open é, também, feito de convívios, animação e muitas amizades. You know what it means: Socials. Temos socials relaxados e divertidos que te vão mostrar a beleza, diversão e encanto da capital.

 

Não és de Lisboa…

Tudo bem. Temos alojamento garantido para ti e para todos os participantes que vierem de fora. O hostel fica num dos pontos centrais da capital e, por isso, perto do local principal do torneio (ISEG). Mais tarde, oferecemos-te um mapa para não te perderes pela cidade.

Não queres debater?

Podes sempre adjudicar. Um adjudicador é parte fundamental num debate: é quem avalia a pertinência, relevância e impacto dos argumentos.

 

Lisboa e o Tejo esperam por ti!

Fica atento às novidades sobre o evento na nossa página do Facebook.

22054533_1449832211738716_1497528000_n

DIOGO VIDEIRA

O Diogo é um jovem de Coimbra, estudante de Relações Internacionais e amante do debate competitivo.

Ao longo dos últimos anos tem sido das presenças mais ativas no DCU com participação e break como orador em diversos torneios. Foi vencedor do Open do Porto e melhor orador no Oporto Open; tem pelas suas participações internacionais um especial carinho.

Vai viajar para Lisboa – que pode não ter o mar que adora mas tem o Tejo – para te proporcionar um dos opens mais competitivos da temporada!

22119609_1451359958252608_364920176_o

PEDRO PACHECO

O Pedro, nascido em Lisboa e criado por esse mundo fora, estudante de economia, nutre uma paixão por filosofia, física e música, sendo fácil de identificar devido ao assobio que transporta consigo.

Iniciou a sua carreira no debate competitivo no TORNADU de 2015 e conta até então com uma dúzia de breaks em Lisboa, Coimbra e Porto. Enquanto debater, os mais distintos são os breaks para as meias do Lisbon Open 2015 e TORNADU 2017, e enquanto adjudicador no Open de Coimbra 2017 e no IDC-OPO 2017. Foi também CA do SDUL IV 2017.

Não vai tão longe como Camões, mas pede alguma inspiração à fauna do rio Tejo para que o torneio te divirta e sirva o nobre propósito do debate.

22093667_1451359924919278_1812048571_n

PEDRO GONZÁLEZ

Do Porto chega-nos o Pedro González que, na sua passagem pelo debate competitivo, conta com vitórias no Tornadu 2017 e no I Torneio de Verão da SdDUC, aos quais soma um registo de 100% de break em todas as competições em que participou.  Ganhou o gosto pela adjudicação no último Open de Coimbra, onde fez break direto para a final.

Este filho do Dragão tem ânsia de vencer e acredita que nunca estará só.
Cinema, livros, música e números são as suas paixões, não fosse ele um futuro economista.

O Pedro promete trazer uma fração do seu Douro para junto do nosso Tejo e proporcionar-vos um torneio desafiante e animado.

22127274_1451359944919276_170875779_n

MARIANA BAPTISTA

Do Tejo partiram as naus em busca do desconhecido e, desse mundo “novo”, surgiu a Mariana Baptista.

Estuda Direito e através dele quer partir do Tejo para o mundo. Ter razão nas suas muitas opiniões é um gosto natural que a fez apreciar ainda mais o debate! Enquanto oradora, o seu maior feito foi a vitória no Open de Coimbra 2017. Já enquanto adjudicadora, fez break no Tornadu 2017 e foi CA da 3ª edição do Torneio Interno da SDUL.

A Mariana promete revoltar o Tejo em busca das melhores moções!

CONVENOR

Tal como Lisboa precisa do Tejo, um Open também precisa de um Convenor.
A SDUL tem o prazer de apresentar a Convenor do Open do Tejo: Cristiana Silva.

Cristiana é o feminino de Cristiano. E ela é o nosso CR7 para este evento.

A nossa Cris é uma mulher simples e calma, amigável e responsável. Estuda para ser gestora, mas nós sabemos que o mundo lhe reserva muito mais. Gosta de ler policiais e fantásticos, dançar e ouvir música. Aprecia a cultura asiática e a sua Lisboa. Sonha com viagens e experiências por este planeta fora.

Família é a palavra que caracteriza a sua relação com a SDUL e, por consequência, o seu empenho no debate competitivo.

Promete dar tudo de si para tornar este Open memorável!

ISEG - Instituto Superior de Economia e Gestão

SEXTA-FEIRA E SÁBADO

COSSOUL - Sociedade Guilherme Cossoul

Socials

STAR HOSTEL LISBON

Apesar de não ter vista para o Tejo, é com gosto que anunciamos que os participantes deste torneio irão ficar alojados no Star Hostel Lisbon em Campo de Ourique, uma das paragens do famoso elétrico 28. Sabe mais sobre este parceiro em: https://www.facebook.com/StarHostelLisboa/.