Torneio Interno-03

A SDUL orgulha-se de apresentar a 4ª edição do torneio de debates da Universidade de Lisboa! Vem representar a tua faculdade e lutar pelo títulos de Equipa Vencedora, Melhor Orador ou Orador Revelação! Junta-te com um colega e vem mostrar as tuas capacidades de argumentação, espírito crítico, cultura geral e oratória!

Como funciona?

O torneio realiza-se no modelo de debate British Parliamentary (ver mais aqui) com 5 rondas de debate e com acesso direto à final pelas 4 melhores equipas.

O sistema é muito simples, em cada debate há 4 equipas de 2 pessoas, às quais são sorteadas posições contra ou a favor determinada moção. Após saberem a moção, as equipas terão 15 minutos para preparar o caso que irão apresentar e cada membro da equipa terá de fazer uma apresentação com um máximo de 7 minutos onde pode argumentar, refutar ou explicar melhor algo que já foi mencionado. No final, a mesa de júris que tirou notas durante todo o debate irá dar os resultados consoante a qualidade de argumentação de cada equipa, atribuindo 3 pontos ao 1º lugar, 2 pontos ao 2º lugar e 1 ponto ao 3º lugar (o 4º lugar não ganha pontos). Ao fim das 5 rondas, as equipas com mais pontos vão à final.

Posso ser júri do debate?

Claro que sim! Os júris do debate (ou Adjudicadores) têm como função anotar cada discurso para no final poderem comparar as notas entre si, ter uma pequena discussão sobre o que foi o debate e dar os resultados baseados nessa análise do debate. É uma função essencial a todos os debates e para o qual não é necessária qualquer experiência para começar.

Claro que há sempre adjudicadores experientes que são responsáveis quer por ensinar os mais inexperientes, quer por dar uma garantia de qualidade ao resultado final, bem como dar feedback construtivo às equipas.

A função de adjudicador é muitas vezes escolhida por pessoas que preferem analisar as várias perspetivas do debate com um olhar crítico e comparativo ao invés de estar efetivamente no debate a ter de defender uma das posições.

Como ganha um debate?

Tal como em tudo onde há alguma competição, para ganhar, tens de ser melhor que os outros.

Neste caso, os júris vão estar a avaliar a tua capacidade de apresentar argumentos relevantes para defender o teu lado da moção, o nível de explicação e exemplificação dos teus argumentos (não vale só “mandar postas de pescada”) e o impacto que consegues mostrar que os teus argumentos têm no debate.

Mesmo que alguma ronda não te corra tão bem, não te preocupes, tens sempre mais rondas onde podes ganhar pontos e no final de cada ronda o chefe da mesa de adjudicação (os júris) vai não só dar o ranking dos resultados como dar feedback sobre o que cada equipa fez bem e o que poderia ter feito melhor, por isso encara cada debate como uma oportunidade de aprendizagem e melhoramento pessoal a todos os níveis e não só como uma competição que é preciso ganhar.